Como higienizar tablet e celular para evitar a contaminação do coronavírus

por | abr 24, 2020 | Blog, Funcionalidades | 0 Comentários

Como limpar Tablet e Celular
A importância de manter os equipamentos higienizados

Estamos vivendo em um momento singular da civilização humana. Uma ameaça silenciosa fez pelos menos 1/3 do mundo entrar em quarentena — o coronavírus. Contudo, o mundo não permanecerá fechado para sempre, após o período de controle do crescimento da curva de contaminação, a tendência é que o comércio volte, ainda que com restrições e medidas para garantir o isolamento social, como higienização.

Essas medidas têm como objetivo eliminar eventuais vírus dos materiais. Desse modo, é importante que a sua empresa saiba como agir para a higienização destes dispositivos eletrônicos. Portanto, fizemos este breve artigo especialmente para você. Acompanhe!

A importância de higienizar celular e tablet

O Covid-19, doença causada pelo coronavírus, consiste em uma espécie de doença que ataca os pulmões, podendo levar a pneumonia. O vírus ataca células ligadas ao sistema respiratório, e é transmitido a partir de resíduos de tosse ou espirro. Dessa maneira, a maneira mais eficiente para se evitar o contágio do coronavírus, até o momento, é adotar o isolamento social e distância segura de uma pessoa a outra.

Além do distanciamento social, que evita o contágio de pessoa para pessoa, é importante que se adote medidas para higienização de superfícies, pois pessoas contaminadas podem deixar resíduos em superfícies, seja por meio de tosse, espirro ou contato da mão contaminada com equipamentos.

Entre as superfícies que estão mais sujeitas a contaminação, destacamos os celulares e tablets. Desse modo, a limpeza destes dispositivos eletrônicos é fundamental para aumentar a segurança dos seus usuários. Em empresas, lojas e comércios, que utilizam os dispositivos em alguma etapa do processo, a limpeza constante dos equipamentos é obrigatória.

Como higienizar o tablet e o celular para evitar a contaminação do coronavírus

O primeiro passo para higienizar o celular é desliga-lo e desconectá-lo de quaisquer cabos ou fios. Em seguida, é necessário tirar as películas protetoras e capas. Para higienizar o celular, utilize materiais macios, que não deixam fiapos, como um pano macio. O pano escolhido deve ser umedecido com álcool 70%, específico para limpar eletrônicos (isopropílico).

Passe a solução no celular, evitando entradas para carregador, de áudio, etc. A higienização deve ser feita, pelo menos, 2 vezes ao dia, mas pode variar de acordo com a realidade de cada empresa. Se um mesmo dispositivo é utilizado por diferentes operadores, é obrigatório que ele seja higienizado em cada troca. 

Qual a relação entre a higienização de dispositivos eletrônicos e a segurança do trabalho

Além de ser uma medida necessária pelo simples bom senso, a higienização de aparelhos eletrônicos é uma medida que vai ao encontro das boas atitudes em relação à segurança do trabalho. Por ser uma questão nova, poucas normas legais foram criadas para conter o avanço do coronavírus, mas, eventualmente, elas serão tomadas. E a higienização dos dispositivos eletrônicos fatalmente será uma delas.

Assim como seguir as diretrizes da segurança do trabalho, que prezam para manter a saúde dos colaboradores em garantia, a medida serve para se antecipar às imposições da justiça do trabalho, garantindo que a empresa não seja alvo de ações futuras relacionado ao tema.

Sendo assim, saber como higienizar celular e tablet é fundamental para que, quando a as atividades voltarem ao normal, seja garantida maior segurança para funcionários e clientes. Para empresas que utilizam softwares de pesquisa, como o OPINÂE, a limpeza também é essencial e faz com que a empresa aja de acordo com a boa aplicação da medicina do trabalho.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *